quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Dying...

Estou morrendo...
O tempo passou e cá estou eu,
Deitada nesta cama fria e úmida
O sol a tempos que não o vejo

Você está tão longe agora
Mas você ainda continua sendo para mim o sol, a lua, as estrelas, o ar...
O único que ainda mantem meu corpo aquecido
Nesta imensidão fria,
Onde me sinto tão perdida e já sem vida

Pensar em você e em nosso amor, ainda é o que me mantem viva... Meu Amor

Eu sou a tua rosa que desabrochou
Em um solo frio e mortal
Onde a solidão e as tuas lembranças são minhas únicas companhias
Eu te amo tanto
Mas você não está aqui para me ver agora

Sua ausência é a minha morte...

Em imensa tristeza me quebro em mil pedaços
Meu sangue agora jorra nesta terra fria
Minha alma está em chamas
Estou partindo...

Aquela bela rosa que você ajudou a desabrochar
Regou e zelou com tanto carinho, hoje está morrendo
Triste pela tua partida tão inesperada

Esperando o dia em que retornarei e crescerei nos lugares mais frios e desertos desta terra
Assim como meu coração frio e triste...

Não há esperanças para nós enquanto caminhamos nesta terra
Mas nunca se esqueça que meu corpo, meus pensamentos e minha alma gritam por você
Embora você não escute, estarei sempre aqui e gritando o teu nome, meu amor
Espero um dia te encontrar novamente...

"Do pó viemos ao pó voltaremos"


By Bruna

Um comentário:

  1. Adorei anjinho como esta escrito d pó viemos ao pó voltaremos...Bjs

    ResponderExcluir